Autoexame testicular: o que é, como realizar e sinais de alerta

Autoexame testicular

O autoexame testicular é uma inspeção da aparência e da sensação dos testículos, onde geralmente, o paciente faz o exame sozinho, em frente a um espelho.

Se implementados na rotina, este exame pode dar maior consciência do estado dos testículos e ajudar a detectar qualquer alteração, indicando possíveis problemas, como infecções, anomalias ou até mesmo câncer de testículo.

Se você detectar caroços ou outras alterações durante um autoexame testicular, marque uma consulta com seu médico. Você pode entrar em contato com a equipe do Dr. Bruno Almeida aqui

Por que fazer o autoexame testicular?

O autoexame testicular ajuda a aprender como os testículos normalmente parecem e são sentidos. Então, é mais provável que o paciente note mudanças sutis.

Alterações podem ser um sinal de uma condição benigna comum, como uma infecção ou cisto, ou uma condição menos comum, como câncer testicular.

O câncer de testículo é uma condição relativamente incomum, mas que possui uma alta taxa de sucesso nos tratamentos quando diagnosticado cedo.

Desse modo, todos os homens podem se beneficiar do autoexame dos testículos, já que ele facilita a identificação do problema em seus estágios iniciais. 

Nenhuma preparação especial é necessária para fazer um autoexame testicular, mas muitos homens podem achar mais fácil realizá-lo durante ou após um banho quente, já que o calor relaxa o escroto, tornando mais fácil verificar se há algo incomum.

Como fazer o autoexame dos testículos?

Para executar o autoexame dos testículos, fique nu em frente a um espelho e então:

  • Procure inchaço. Segure seu pênis fora do caminho e examine a pele do escroto.
  • Examine cada testículo. Usando as duas mãos, coloque os dedos indicador e médio sob o testículo e os polegares por cima.
  • Role suavemente o testículo entre os polegares e os dedos. Observe e sinta quaisquer alterações em seu testículo. Isso pode incluir protuberâncias duras, protuberâncias arredondadas suaves ou novas alterações no tamanho, forma ou consistência do testículo.
  • Verifique se há alterações no tamanho, forma ou sensação de seus testículos. Um pode ter uma forma ou tamanho diferente do outro. Tudo bem, mas as formas e tamanhos não devem mudar. Um pode ficar mais baixo do que o outro. Isso também é normal.

Ao fazer o autoexame testicular, você pode notar algumas coisas nos testículos, como saliências na pele do escroto, que parecem incomuns, mas não são sinais de câncer.

Pêlos encravados, erupções cutâneas ou outros problemas de pele podem causar inchaços na pele.

Você também pode sentir um cordão macio e viscoso, que é uma parte normal do escroto chamada epidídimo.

Ele conduz para cima a partir do topo da parte posterior de cada testículo.

Sinais de alerta no autoexame dos testículos:

Fique atento e procure um médico urologista se ao realizar o autoexame, você identificar alterações nos testículos, como:

  1. Testículo firme;
  2. Edema ou acúmulo de fluido no escroto;
  3. Sensação de peso escrotal;
  4. Dor na parte inferior da barriga, virilha ou escroto;
  5. Sensibilidade ou crescimento mamário;
  6. Dor ou sensação de desconforto no testículo ou escroto;
  7. Dor nas costas.

Conclusão

Marque uma consulta com seu médico se você encontrar um caroço ou outra alteração durante o autoexame.

Dependendo das circunstâncias, seu médico pode fazer um exame testicular seguido de um exame de sangue, ultrassom ou biópsia.

A maioria das alterações em seus testículos não é causada por câncer testicular.

Uma série de condições não cancerosas podem causar alterações em seus testículos, como um cisto, lesão, infecção e hérnia. Isso não quer dizer que essas situações não devam ser tratadas ou observadas de perto. 

Se durante o autoexame você detectar caroços ou outras alterações durante um autoexame testicular, agende uma consulta urológica. Você pode entrar em contato com nossa equipe clicando aqui. 

Até mais!